Energia solar vs energia elétrica: entenda a diferença

A diferença entre energia solar e energia elétrica é um assunto que muitos querem saber.

Uma coisa é certa: a energia elétrica já faz parte da rotina da humanidade há muitos anos. Em contraponto, a energia solar é comparativamente nova, o que gera muitas dúvidas.  

Hoje, como em muito tempo, as hidrelétricas são as principais fontes utilizadas para produzir eletricidade no Brasil. Nosso país é muito dependente desse tipo de energia (85%). Porém, a busca por fontes de energia renovável tem crescido nos últimos anos e só tende a aumentar.

As vantagens da energia elétrica:

– Já tem instalações estruturadas.

– Não emite gases poluentes.

– Permite a automatização de seu funcionamento, diminuindo os custos operacionais.

 

As vantagens da energia solar:

– Energia inesgotável e que não prejudica o meio ambiente

– Energia considerada limpa, renovável e sustentável

– Boa relação custo benefício, tornando-se uma fonte de energia gratuita após um tempo

– Acessível para qualquer região, basta ter a incidência de luz solar

– Economia de espaço por aproveitar telhados de casas, indústrias e empresas

– Os valores envolvidos na instalação de energia solar diminuíram com o passar dos anos e atingiram um excelente patamar.

– Manutenção simplificada.

Como é perceptível, temos muito mais vantagens ao utilizarmos a energia solar.

Além disso, o fornecimento de energia elétrica depende de recursos hídricos, que podem apresentar níveis baixos em determinadas épocas do ano. E quando esses recursos estão baixos, a conta de luz sofre aumento. Em verdade, as contas de luz sofrem aumentos constantes, inclusive com taxas acima da inflação.

Outro ponto muito importante é sobre o desmatamento e o desequilíbrio do ecossistema que as usinas hidrelétricas causam. Sua instalação destrói a vegetação natural da região, além de afetar rios e lagos, levando espécies de peixe à extinção. São totalmente inimigas do meio ambiente.

Pudemos analisar os pontos de cada tipo de produção de energia. Agora é possível avaliar de forma consciente e detalhada qual seria o melhor formato de energia para implementar em seu imóvel, seja ele residencial ou comercial. Vale ressaltar que os principais temas a se considerar são: os custos de instalação e também a manutenção, os custos mensais fixos e o impacto ambiental gerado por cada uma dessas opções.

Se você quiser saber mais sobre energia solar e seus benefícios, fale com nosso setor comercial e tire suas dúvidas, é só clicar aqui .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.